img
logo

19 + 20 NOVEMBRO

AVenida da LIBERDADE LISBOA

1 festival, 2 dias, MAIS DE 10 SALAS E MAIS DE 50 ARTISTAS!

Image
20:10

  -​  

21:10

   +​  

Teatro Tivoli BBVA
BATEU MATOU E CONVIDADOS
20

Bateu Matou é um super grupo formado por Ivo Costa (Batida, Sara Tavares), Quim Albergaria (Paus) e Riot (Buraka Som Sistema). Para além de banda improvável, que junta tambores e computadores, os Bateu Matou são também uma tripla de produtores que trazem uma abordagem percussiva, juntando as lições do som contemporâneo com as raízes, em colaboração com algumas das vozes mais inspiradoras em Portugal. A banda surge em 2018 como projeto para uma club night. O passo para se começar a fazer música original é muito curto. O objetivo máximo é juntar pessoas na pista, no mesmo beat. Assim, no princípio de 2020 sai "Lume", o primeiro single em colaboração com Scúru Fitchádu, e, no final do ano, sai “Povo”, com a participação de Héber Marques. No final de abril de 2021, os Bateu Matou editam “Clichê” / “Subi Subi”, justificado com o facto de “Lisboa ter muitos ritmos e muitas línguas, muitas danças e muitas gingas.” Esse single duplo serve para mostrar, pelo menos, dois lados dessa mistura única de vida, identidade e ritmo que os Bateu Matou compuseram, gravaram e produziram durante o confinamento. O disco “Chegou” foi editado em maio de 2021. Os pulsos e os refrões da cidade feita de diferença juntam-se nesse primeiro registo do trio. “Chegou” é uma coleção de hinos para serem cantados com o corpo todo. No palco do Super Bock em Stock, os Bateu Matou juntam ao baile Pité (MGDRV), Héber Marques (HMB) e Favela Lacroix. A festa promete!

Música

  Autêntica

NAMING SPONSOR

PATROCÍNIOS

MEDIA PARTNERS

PARCEIROS

PROMOTOR